Cinco anos de Prisão para Oscar Pistorius

Acabou a maratona para o velocista sul-africano. Oscar Pistorius foi condenado a cinco anos de prisão por homicídio involuntário da namorada (e modelo) Reeva Steenkamp. [linkar para dentro da caixa e perfil da modelo] Entra na história da África do Sul como o protagonista de um dos casos mais marcantes e mais controversos do país.

Até fevereiro de 2013 era uma história de sonho. Oscar Pistorius, cujas pernas haviam sido amputadas em bébé, foi o primeiro atleta a conseguir competir em igualdade de circunstâncias entre pares olímpicos e paralímpicos. As próteses em fibra de carbono permitiram-lhe tal feito. Ganhou várias medalhas nos Jogos Paralímpicos mas foi nos Jogos Olímpicos Londres 2012 que ficou conhecido. Foi atirado para as capas dos jornais por ter morto a tiro a namorada.

Pistorius disparou quatro tiros através da porta da casa de banho. Sempre alegou pensar que fosse um intruso. Não era. Admitiu os quatros disparos, mostrou-se arrependido e colaborou no julgamento. Conseguiu provar a teoria e foi condenado a cinco anos de prisão efetiva, no Supremo Tribunal de Pretoria.

Aceitação dos dois lados

O tio do velocista, Arnold Pistorius (o único membro da família presente em tribunal), aceitou a sentença, afirmando que Oscar “vai abraçar a oportunidade de pagar a dívida para com a sociedade” (“Oscar will embrace this opportunity to pay back to society”). A mãe de Reeva Steenkamp, June, à saída do tribunal apenas disse que “estava certo”.

Serenidade no momento de conhecer a sentença

Fato negro, camisa branca e gravata preta. O “Blade Runner” – como era conhecido Oscar Pistorius – ia enfrentar, mais uma vez, a segunda mulher de raça negra a subir à tribuna Sul-Africana, a Juíza Thokozile Masipa. Não se deixou incomodar pelos repórteres presentes, nem por qualquer outro fator. Dirigiu-se para a última corrida judicial do processo escoltado pela polícia. Chegou ao banco dos réus e abraçou o advogado que o defendeu, Barry Roux.

Saiu com cinco anos de pena efetiva para cumprir e outros três de pena suspensa por posse de armas de fogo. Voltou a sair escoltado pela polícia mas agora para uma prisão do país que representou no evento maior do desporto mundial.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s